SETEMBRO AMARELO: Prefeitura promove roda de conversa sobre autoestima feminina

Encontro será no dia 18 de setembro, no pátio da EMEF Osni José de Souza, e contará com sorteios

Setembro amarelo é o mês da campanha de prevenção contra o suicídio. Por isso, a Prefeitura de Artur Nogueira, em parceria com a coordenadoria da Mulher e o Conselho Municipal (CMDMAN) com apoio da empresa Priori e Caixa Econômica Federal, irá realizar um momento de diálogo entre mulheres voltado para o bem estar emocional. 

A roda de conversa será no dia 18 de setembro, a partir das 9h, no pátio da EMEF Osni José de Souza, localizado na Rua Otacílio Ferreira Natal, bairro São João dos Pinheiros, Nº 25. A ação tem como objetivo falar sobre o “Setembro Amarelo” e o bem estar emocional com grupos de mulheres de diferentes idades. A iniciativa integra um dos eixos do Trabalho Técnico Social desenvolvido no bairro que busca trabalhar maior interação social e comunitária, aspectos da vida feminina, cotidiano familiar e capacitações para geração de renda e trabalho. 

Mediado pela psicóloga Mayara Sia, o evento promete ter muito debate e trocas de conhecimento. “Como psicóloga, entendo a importância de se debater o tema com a campanha do Setembro Amarelo, pois é preciso orientar e conscientizar a população sobre a prevenção de suicídio, concentrando os esforços em diálogos com a população Nogueirense”, pondera a especialista. Ela ainda acrescenta que fatores protetivos como “capacidade de adaptação positiva, capacidade de resolução de problemas e a garantia de um emprego” são algumas das medidas de proteção à saúde mental que serão colocadas em pauta durante o diálogo.

A fim de seguir todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 como distanciamento social, uso de máscara, álcool em gel e evitar o contágio, o encontro será limitado apenas para 40 mulheres do Residencial São João dos Pinheiros. Interessadas em participar, podem se dirigir ao local do evento das 9h às 11h, sem necessidade de inscrição.

Na ocasião, serão abordados variados temas voltados para a autoestima a partir de uma perspectiva psicossocial. “Dar apoio aos debilitados emocionalmente é uma forma que nós encontramos de atuarmos no Setembro Amarelo e acreditamos que o tema escolhido ajudará mulheres a desenvolverem autoconfiança”, disse Maiara Camargo Kzam, Coordenadora de Apoio dos Direitos da Mulher.

Além disso, durante o diálogo, será realizado um sorteio como forma de presentear as mulheres que participaram. Para encerrar o encontro com agradecimento e descontração, será disponibilizado um café da manhã especial para todas que participaram do bate-papo.

Relacionadas