Projeto Retreta e Prefeitura de Artur Nogueira seguem com atividades online com alunos

Através de ferramentas online, professores seguem com aulas disponibilizadas para mais de 3 mil alunos da Rede Municipal de Educação. Projeto chamou a atenção da imprensa

O Projeto Retreta é coordenado pelo maestro Ricardo Michelino e acontece em parceria com a Prefeitura de Artur Nogueira. O momento de pandemia poderia fazer com que mais de três mil alunos ficassem sem as atividades musicais. Poderia, mas não fez. Uma verdadeira operação online tem acontecido para que as aulas continuem a todo vapor.

Ricardo Michelino, maestro e coordenador do Projeto Retreta, comenta que no início da pandemia ficou preocupado com o futuro das aulas. “Fiquei assustado e pensando no virus 24 horas por dia e, após um pedido do prefeito Ivan para que o projeto continuasse, chamei toda a minha equipe docente para uma reunião utilizando uma plataforma online e sugeri que começássemos a desenvolver conteúdos pedagógicos”, comenta.

Os frutos da reunião começaram a surgir rapidamente, em poucos dias os alunos tiveram diversos conteúdos online e com a possibilidade de se realizar a correção das atividades postadas. “Nossos professores têm feito uma espécie de roteiro para os alunos, além disso, a Prefeitura de Artur Nogueira, através da secretaria de Educação, montou uma página do Facebook e semanalmente eu envio conteúdo para alimentar a página”, exclama.

Michelino tem o coração cheio de gratidão pelo andamento do projeto. “Tenho gratidão a Deus por estar conosco nesse momento tão triste, pela vida de nossos professores que estão diariamente de reinventando e se adaptando a essa nova realidade, gratidão pelos alunos e seus familiares que de uma forma tão surpreendente aderiram ao novo sistema e à Prefeitura Municipal por acreditar no Projeto Retreta, ajudando a atravessar com a Corporação toda essa crise de mãos dadas, lado a lado, ombro a ombro, é assim que se vence”, ressalta o maestro.

Secretária de Educação,Elaine Vicensotti Boer, afirma que todo o esforço é recompensado pela alegria dos alunos. “Tudo o que fazemos é para eles, seria muito triste se o projeto parasse por causa desse momento que estamos vivendo, não medimos esforços para que as atividades musicais continuassem, tenho um carinho imenso pelo Projeto Retreta”, exclama.

Elaine também agradece ao apoio dos professores e a dedicação de Ricardo Michelino. “Todos os professores estão empenhados, eles fazem tudo com muito amor, além disso, o maestro Michelino é alguém que ama a música e todo o poder de transformação que ela tem na vida dos alunos, é uma honra tê-lo como parceiro”, ressalta. A iniciativa de manter às aulas de maneira online chamou a atenção da grande imprensa, virando notícia na EPTC e na Record.

Em 2017 a parceria entre o Projeto Retreta e a Prefeitura foi ampliado, incentivando a iniciação e a prática da musicalização nas escolas.

Relacionadas