Postos de saúde agendarão consultas por classificação de risco

Consultas são agendadas por ordem de chegada e passarão a ser marcadas conforme o grau de necessidade do paciente

A fim de desafogar o Hospital Municipal e agilizar o atendimento de quem mais precisa, os 12 postos de saúde de Artur Nogueira passarão a agendar as consultas médicas por meio do sistema de Demanda Espontânea com Classificação de Risco. A medida passa a valer a partir de fevereiro.

Atualmente, os agendamentos nos postinhos são realizados de forma aleatória, no entanto, por recomendação do Ministério da Saúde e por entender que o antigo modelo não atende as necessidades da população, a gestão Lucas Sia (PSD) optou por priorizar o atendimento. Isto é, ao invés de marcar as consultas por ordem de chegada, a equipe de enfermagem irá filtrar os casos e agendar conforme o grau de necessidade dos pacientes. A iniciativa é um protocolo do Ministério da Saúde para melhor acolher os pacientes na Atenção Básica.

 “O paciente vai ser avaliado pelo abrigo de enfermagem, e a enfermeira classifica a necessidade de quem vai ser atendido primeiro. Ela avalia se o cidadão pode ser atendido na hora ou se a consulta será agendada para os próximos dias”, explica a coordenadora da Atenção Básica, Flávia Campelo. Flávia destaca que nenhum munícipe ficará sem o atendimento médico e que o novo sistema beneficiará a todos conforme a classificação.

Relacionadas