Nogueirenses podem se inscrever em programa Bolsa-Trabalho a partir de amanhã

Inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site do Bolsa do Povo até o dia 30 de agosto

Moradores de Artur Nogueira poderão se inscrever para o programa Bolsa Trabalho a partir desta terça-feira (24), exclusivamente pelo site do Bolsa do Povo. Com auxílio de R$ 535 aos beneficiados, a iniciativa tem objetivo de promover a retomada de emprego e renda nos municípios paulistas. 

O programa é uma ação do Governo Estadual que será feito com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Administração. A ação é destinada ao grupo de moradores desempregados, com prioridades para as mulheres, que não são beneficiários do seguro desemprego, com renda per capita igual ou inferior a meio salário-mínimo. 

Lucas Sia, prefeito do município, julga ser importante o programa. “Essa é mais uma maneira de ajudar quem está em situação de dificuldade, principalmente devido à pandemia. Queremos oferecer maneiras que viabilizem a retomada econômica tanto dos moradores quanto do município. Seguimos ainda mais otimistas com esse novo programa do Governo do Estado”, discursou.

Quem pode se inscrever 

Serão aceitas inscrições de moradores desempregados, maiores de 18 anos e com renda familiar de até R$ 550 por pessoa (equivalente a meio salário mínimo). Os cidadãos elegíveis devem se inscrever no portal do Bolsa do Povo entre 24 e 30 de agosto no site www.bolsadopovo.sp.gov.br. A Administração Municipal destaca que as inscrições devem ser feitas exclusivamente e unicamente pelo site. 

O resultado da seleção será divulgado dia 4 de setembro, e a convocação será feita por meio de publicação no Diário Oficial. Após o resultado, se dará a convocação dos aprovados e o início está previsto para o dia 15 de setembro. 

Os beneficiados poderão prestar serviços nos órgãos públicos do município por quatro horas diárias, além de realizar curso de qualificação profissional. Todos receberão mensalmente a bolsa-auxílio de R$535 durante os cinco meses de programa. 

A prioridade de vagas será para mulheres chefes de família e pessoas desempregadas há mais tempo.

Cursos profissionalizantes 

Além disso, os inscritos poderão escolher seis opções de cursos profissionalizantes virtuais da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com duração de 80 horas:

• Auxiliar de Controle de Produção e Estoque 
• Gestão Administrativa 
• Gestão de Pessoas 
• Organização de Eventos 
• Rotinas e Serviços Administrativos 
• Secretariado e Recepção

Sobre o Programa Bolsa Trabalho

Efetivada a Lei nº 17.372, de 26 de maio de 2021, o programa Emergencial de Auxílio-Desemprego passou a fazer parte do Programa Bolsa do Povo denominado Bolsa-Trabalho, que engloba a gestão dos benefícios, ações e projetos, com ou sem transferência de renda, destinados para atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social no estado de São Paulo.

Relacionadas