Lucas Sia discute retomada econômica pós-covid e crise hídrica em reunião da RMC

Encontro entre prefeitos aconteceu em Indaiatuba nesta terça-feira (20)

O prefeito Lucas Sia (PSD) esteve em Indaiatuba na manhã desta terça-feira (20) para mais uma reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC). O encontro envolveu os chefes dos Poderes Executivos municipais e tratou de assuntos referentes à retomada econômica pós-covid e a atual crise hídrica enfrentada pelas cidades da região.

Sia (PSD) pontua que a pandemia ainda é o maior desafio da gestão. “Precisamos ter sensibilidade e muito atenção. A retomada pós-covid é uma de nossas prioridades. Já estamos traçando estratégias para que isso ocorra da melhor maneira possível com segurança e recuperação efetiva das finanças dos moradores e município”, afirma.

Os projetos desenvolvidos pelo Sebrae na RMC foram apresentados pelo diretor de administração e finanças Guilherme Campos, o gerente regional Sebrae de Piracicaba Fábio Gerlach, gerente regional Sebrae de Jundiaí Marcelo Paranzini e gerente regional Sebrae de Campinas Nilsio Freitas.

Além disso, o prefeito nogueirense reiterou a preocupação com a crise hídrica regional. “Desde janeiro, quando assumimos, estamos desenvolvendo ações e buscando recursos que minimizem a possibilidade de falta de água na cidade. Recentemente, solicitamos ao DAEE a ampliação da disponibilidade hídrica de Artur Nogueira via Bacia PCJ”, conta.

A crise hídrica foi discutida juntamente com a atualização das obras da Barragem de Pedreira e o reservatório Duas Pontes, em Amparo. Para tanto, participaram também da reunião o superintendente do Departamento de Águas e Energia (DAEE), Francisco Eduardo Loducca.

Lucas Sia (PSD) aproveitou a oportunidade para discursar em agradecimento ao DAEE que atendeu o pedido do município nogueirense com relação à construção de uma nova barragem. “Fomos muito bem recebidos pelo Loducca, em nome do DAEE e toda a equipe técnica, para a rápida elaboração do projeto da nova barragem. Agradeço pelo cuidado e atenção do Governo do Estado para nos ajudar a solucionar esse problema de rompimento da atual barragem que poderia prejudicar Artur Nogueira e municípios vizinhos”, exclamou em fala livre.

Durante a reunião, também foi apresentado o presidente eleito do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) Rafael Cervone. O mandato se estenderá de 2022 a 2025.

Relacionadas