Lucas Sia adota medidas para implantação de Casa da Juventude

Município poderá contar com um espaço multiuso de apoio ao público jovem, com cursos e incentivo ao empreendedorismo 

O prefeito Lucas Sia (PSD) apresentou um Projeto de Lei (PL) com o intuito da criação de um Conselho Municipal de Juventude em Artur Nogueira aos vereadores nogueirenses. A elaboração do documento vai de encontro com as medidas necessárias para a implantação de uma Casa da Juventude na cidade. O projeto, do Governo do Estado de São Paulo, visa oferecer às cidades um espaço multiuso de apoio ao público jovem no início da vida profissional, com cursos e especializações. A reunião aconteceu, no fim da tarde desta terça-feira (18), no Salão Nobre da Câmara Municipal.

Além de Sia (PSD), estiveram presentes na Casa de Leis o vice-prefeito Davi Fernandes (PSDB), o subsecretário da Juventude do Estado de São Paulo, Luiz Chrysostomo de Oliveira, a chefe de Gabinete Mayra Barbosa, a presidente do PSDB em Artur Nogueira Gabriela Montoya, membros do Núcleo de Gestão Estratégica de Projetos Integradores (Nugepi) e os edis. 

“Acreditamos em nossos jovens e o Conselho e a Casa da Juventude os ajudarão na busca por oportunidades de emprego e renda com ações voltadas para a qualificação profissional, economia criativa, empreendedorismo e convivência. Aproveitamos a vinda do subsecretário para manifestarmos nosso interesse em trazer o projeto para Artur Nogueira, e temos trabalhado para isso”, destacou Sia. Assim, com a presença de Chrysostomo, houve a entrega do documento oficializando a intenção de trazer o Projeto “Casa da Juventude” à cidade. 

Para implantar a Casa da Juventude é necessário que o município tenha menos de 150 mil habitantes, possua Conselho da Juventude e protocole um ofício junto ao Estado com o interesse em participar do Projeto.

COMO FUNCIONA?
O Projeto de Lei será votado em sessão da Câmara para decidir sobre a criação, composição, competência e funcionamento do Conselho da Juventude. Caso aprovado pela Câmara de Vereadores e quando criado um Conselho Municipal da Juventude na cidade, o prefeito irá formalizar o pedido de implantação da Casa da Juventude ao Governo do Estado – que já foi sinalizado durante visita do subsecretário. O Estado, por sua vez, irá analisar a viabilidade de trazer o projeto para Artur Nogueira. 

A Prefeitura deve indicar terrenos e ficará responsável pela aquisição de móveis e demais equipamentos. O prazo médio para a entrega de cada unidade é de oito meses.

O QUE A CASA OFERECE
Na Casa da Juventude serão instalados equipamentos de ações de incentivo à qualificação, empreendedorismo, busca de oportunidades de emprego e renda e área de trabalho colaborativo, estimulando a criação de novos projetos e negócios entre o público juvenil.

Além de cursos, a Casa da Juventude incentivará o coworking com área projetada especificamente para o trabalho colaborativo, garantindo que os jovens possam desenvolver projetos empresariais em diversos setores.

Para a qualificação profissional, o Estado oferece as modalidades Expresso e Estágio do Novotec, com cursos técnicos e profissionalizantes gratuitos, além de um ambiente para desenvolvimento de modelos de negócios sustentáveis e startups. A Casa da Juventude também são unidades acadêmicas e operacionais para atividades presenciais de cursos oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

Além disso, é apresentado aos participantes um conjunto de negócios baseados em capital cultural e criatividade empreendedora. O objetivo é oferecer formação em economia criativa e práticas de transformação digital, além de oferecer cursos com metodologia apropriada para o ensino de robótica, tecnologias da informação e tecnologias aplicadas a design, animação e games, entre outros.

Relacionadas