Coreto Cultural traz diversidade em sua segunda edição

Além da feira, duas bandas irão se apresentar e trarão para o público atrações que vão de samba raiz a rock nacional

Neste sábado (10) tem Coreto Cultural em Artur Nogueira a partir das 15h. Como todo segundo sábado do mês, além da tradicional feira de artesanato, o evento também contará com atrações musicais. Às 19 horas o som fica por conta de Kilder Jarier, com muito MPB e samba raiz, acústico. Mais tarde, às 20h30 o Grupo Som do Mato traz para o evento um pouco de sertanejo e rock nacional. O Coreto Cultural é uma iniciativa da Secretaria de Cultura para trazer lazer e entretenimento para as famílias nogueirenses.

Conheça um pouco mais sobre as atrações:

Kilder Jarier – MPB e samba raiz acústico

Kilder Jarier é um instrumentista e intérprete com vinte e cinco anos de carreira. Desde os doze anos de idade realiza trabalhos como multi instrumentista e back vocal em bandas de médio e grande porte, dos mais variados estilos (samba, reggae, pop, sertanejo, forró, dentre outros).

Há dezesseis anos, Kilder Jarier é componente do “Sabor de Samba”, com renome no samba raiz e MPB. Foi multi instrumentista (violão, banjo, cavaquinho e contra baixo) do mesmo durante seis anos. Atualmente acumula as funções de vocalista e violinista do “Sabor de Samba”, que é o grupo musical mais requisitado pelos grandes clubes sociais de São Paulo, empresas e casas noturnas do Brasil.

Grupo Som do Mato – Sertanejo e rock nacional

O Grupo Som do Mato surgiu em 2014 com o objetivo de apresentar à comunidade todo o trabalho que é desenvolvido nas aulas de viola caipira e violão realizadas na E. E. José Amaro Rodrigues, no projeto Escola da Família.

O conta atualmente com 25 alunos que participam das apresentações e no projeto há 35 alunos matriculados. O grupo Som do Mato realiza apresentações mensais, e no seu repertório contém grandes clássicos da música sertaneja raiz, sucessos do sertanejo universitário e também caminha pelo rock nacional.

ASSCOM

Relacionadas