Com 7 meses de campanha, Artur Nogueira já aplicou 50 mil doses contra a Covid-19


Até esta quinta-feira (19), 67% da população geral havia recebido a 1ª dose, e 26% completou o ciclo de imunização 

A campanha de imunização contra a Covid-19 em Artur Nogueira acontece há pouco mais de setes meses e o município já aplicou mais de 50 mil doses dos lotes enviados desde então. De acordo com a Prefeitura Municipal, das 56.761 doses que a cidade recebeu, 50.615 já foram utilizadas. 

O vacinômetro municipal, divulgado diariamente pela Secretaria de Saúde, aponta que, entre os 55.340 mil habitantes do município nogueirense, 37.455 já foram parcialmente imunizados, o que representa 67% da população geral. Deste número, 35.947 referem-se à primeira dose e 1.508 à dose única. 

O prefeito Lucas Sia (PSD) comemora a adesão positiva dos moradores. “Felizmente a campanha de vacinação em Artur Nogueira tem sido um sucesso, e nosso moradores têm entendido que a vacina é a chave para vencermos essa pandemia o quanto antes. Nossa administração defende a ciência e não tem medido esforços para que o direito à imunização seja garantido a todos. As vacinas realmente salvam vidas”, declarou Sia. 

Do total de vacinados em Artur Nogueira, 7.298 são idosos, 1.679 profissionais da saúde, 966 profissionais da educação, 3.834 pertencem aos grupos prioritários, e 23.696 são adultos. Destes, 14.650 já receberam as duas doses ou a dose única da vacina e completaram o ciclo de imunização, o que corresponde a 26% da população geral.

TRABALHO EM EQUIPE

A secretária de Saúde Angela Pulz Delgado comenta que os números são satisfatórios graças ao trabalho em equipe. “Desde quando a vacina foi liberada em Artur Nogueira temos recebido inúmeros elogios, pois o pessoal da Vigilância e Saúde tem enfrentado chuva e sol para garantir que a população receba as doses”, disse. 

Angela ainda destaca que o avanço da campanha de vacinação contra a Covid-19 fez com que Artur Nogueira registrasse uma queda de 31% nos casos de internações hospitalares em decorrência da doença na última semana.

Isso porque, entre os dias 13 e 26 de julho foram computados 26 casos de internações no município. No entanto, de 27 de julho a 09 de agosto, o número caiu para 18 casos. Isso significa que, durante o período de 14 dias, o percentual de internações sofreu uma queda de 31%.

Relacionadas